Sejam bem vindos ao meu blog ...

segunda-feira, maio 25, 2009

Corpo celeste



Corpo celeste vagando errante
Perdido solto no cosmo da solidão
Sem teu rumo é astro cadente
Em rota de colisão


Destino incerto, solitário vaga
Para o fundo sem fundo do infinito
Sem tua atração é apenas uma estrela
Pra algum perdido


Atraia-o, com teus raios, atraia-o
Meu sol ! prenda-o com tua gravidade
Traga-o para contemplá-lo e cada pedido
Será, então, verdade.


Seria eu astro celeste, este celeste corpo
Que vaga incerto sem tua atração ?
Seria eu como um cometa, que passa,
E distancia de teu coração ?

5 comentários:

  1. Olha, Cheguei aqui, meio desconfiado, pois ainda não te conheço. Fui ficando, lendo e gostei.
    Já esteou te seguindo e voltarei mais vezes.
    Parabéns pelo belíssimo trabalho.

    Tenha uma excelente semana.

    Um abraço.

    ResponderExcluir
  2. Tem selinho la pra vc.

    Bom dia Elias.

    beijooo.

    ResponderExcluir
  3. ola querido bom ve-lo na escrita amei a postagem ,ve se me visita ok?!bjs!

    ResponderExcluir
  4. Olá amigo Elias é sempre uma grande satisfação voltar aqui, registro minha gratidão por sua amizade, atenção e gentileza, obrigado mesmo de coração por sua visita e comentário, tudo isto nos fortalece e aproxima. A casa é nossa volte sempre. Saiba que admiro muito o seu trabalho. Realizado sempre com muita Inteligência e excelente qualidade, parabéns pela excelente escolha, belissimo poema, ótimo texto, muito interessante, gostei, meu reconhecimento e votos de muito sucesso e brilho.
    Quero compartilhar com você o poema abaixo de Vinícius de Moraes:
    “Certas palavras podem dizer muitas coisas;
    Certos olhares podem valer mais do que mil palavras;
    Certos momentos nos fazem esquecer que existe um mundo lá fora;
    Certos gestos, parecem sinais guiando-nos pelo caminho;
    Certos toques parecem estremecer todo nosso coração;
    Certos detalhes nos dão certeza de que existem pessoas especiais,
    Assim como você que deixarão belas lembranças para todo o sempre. Precisa-se de um amigo que diga que vale a pena viver, não porque a vida é bela, mas porque já se tem um amigo. Precisa-se de um amigo para se parar de chorar. Para não se viver debruçado no passado em busca de memórias perdidas. Que nos bata nos ombros sorrindo ou chorando, mas que nos chame de amigo, para ter-se a consciência de que ainda se vive.”
    Desejo uma semana repleta de grandes realizações e alegrias extensivo aos familiares. Forte abraço, paz, luz, saúde, prosperidade e muitas bênçãos. Fique com Deus. Felicidades.
    Valdemir Reis

    ResponderExcluir